Últimas Notícias
recent

Causa da morte de voluntário da vacina CoronaVac foi suicídio

 Anvisa suspendeu testes da CoronaVac no Brasil na segunda-feira (9) após 'evento adverso grave'. Em coletiva de imprensa nesta terça (10), o governo de SP disse que era impossível relacionar o óbito ao imunizante.


A causa da morte do voluntário da CoronaVac, que teria feito a Anvisa suspender os testes com a vacina, foi suicídio, de acordo com boletim de ocorrência obtido pela TV Globo nesta terça-feira (10).

Mais cedo, o governo de São Paulo afirmou, em coletiva de imprensa, ser impossível relacionar o "evento adverso grave" que acometeu o voluntário do estudo clínico da CoronaVac com o imunizante.

Na noite desta segunda-feira (9), a Anvisa suspendeu os testes da vacina da Sinovac, feita em parceria com o Instituto Butantan, após ter sido notificada sobre um "evento adverso grave" em um voluntário.

“Os dados são transparentes. Por que nós sabemos e temos certeza de que não é um evento relacionado à vacina? Como eu disse, do ponto de vista clínico do caso e nós não podemos dar detalhes, infelizmente, é impossível, é impossível que haja relacionamento desse evento com a vacina, impossível, eu acho que essa definição encerra um pouco essa discussão", afirmou o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas.


A declaração foi dada pelo diretor durante coletiva de imprensa na sede do Instituto Butantan, após o governo paulista se reunir virtualmente com representantes da Anvisa para tratar sobre a suspensão dos testes. Na noite de segunda, Dimas Covas afirmou que o voluntário morreu, mas disse que o óbito não tinha qualquer relação com a vacina.






Fonte: g1.globo.com/sp



Jailson Silva e Silva

Jailson Silva e Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURIOSIDADES

Tecnologia do Blogger.